Pesquisa de Processos

Número do processo:
1
Nome do processo:
Siris Cayman Fund IV / Travelport
Data de notificação:
2019-01-10
Data de produção de efeitos:
2019-01-10
Data de decisão:
2019-02-07
Descrição do processo:
A operação de concentração em causa consiste na aquisição do controlo exclusivo da Travelport Worldwide Limited (Bermuda) ("Travelport") pela Siris Partners IV (Cayman) Main, L.P. e pela Siris Partners IV (Cayman) Parallel, L.P. (em conjunto, a "Siris Cayman Fund IV"), fundos associados à Siris Capital Group, LLC ("Siris Capital").

Companhias

Nome:
Siris Capital
Descrição:
é uma consultora de investimentos de fundos de investimento privado, incluindo a Siris Cayman Fund IV. Investe fundamentalmente, em empresas de tecnologia de média dimensão e pretende investir em empresas que operam nos setores de dados, tecnologia, serviços empresariais de componente tecnológica e telecomunicações.
Nome:
Travelport
Descrição:
sociedade que explora uma plataforma de comércio de viagens própria business-to-business (B2B), que estabelece a ligação entre fornecedores de viagens, como companhias aéreas, cadeias de hotéis e empresas de aluguer de veículos automóveis, e compradores de viagens on-line e off-line. A Tavelport fornece atividades de marketing da sua plataforma de comércio de viagens em Portugal.

Notícias

Data:
2019-01-18
A Siris Cayman Fund IV notifica a aquisição do controlo exclusivo sobre a Travelport Worldwide.

(publicado Aviso no Público e no Jornal de Negócios, de 18 de janeiro de 2019)

Data:
2019-02-07
O Conselho da AdC adotou uma decisão de não oposição na operação de concentração n.º 1/2019 - Siris Cayman Fund IV / Travelport.

Em 7 de fevereiro de 2019, o Conselho de Administração da Autoridade da Concorrência, no uso da competência que lhe é conferida pela alínea d) do n.º 1 do artigo 19.º dos Estatutos, aprovados pelo Decreto-Lei n.º 125/2014, de 18 de agosto, delibera adotar uma decisão de não oposição à presente operação de concentração, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 50.º da Lei da Concorrência, uma vez que a mesma não é suscetível de criar entraves significativos à concorrência efetiva no mercado nacional.

Documentos

Título Tipo Data
Anúncio 17-01-2019
2019_01_final_net.pdf
Publicada em 19/02/2019.
Decisão pública 1ª fase 07-02-2019