Recrutamento de Diretor(a) Jurídico e de Contencioso – até 17/05/2019

Recrutamento de Diretor(a) Jurídico e de Contencioso – até 17/05/2019
 
A AdC pretende recrutar 1 Diretor(a) Jurídico e do Contencioso em regime de contrato de trabalho em comissão de serviço externa, para dirigir e coordenar, coadjuvado(a) pela Diretora-Adjunta, a equipa da área Jurídica e de Contencioso.
 
 
Requisitos de Admissão:
  • Licenciatura em Direito;
  • Agregação na Ordem dos Advogados portuguesa há pelo menos 10 anos, com inscrição em vigor;
  • Experiência profissional relevante pós-licenciatura na condução de processos de contencioso no âmbito do direito da concorrência;
  • Experiência de liderança;
  • Fluência em inglês.
 
Condições Preferenciais:
  • Mestrado em Direito da Concorrência;
  • LL.M ou outro curso equivalente em Direito da Concorrência;
  • Pós-graduação ou outro curso equivalente em Direito da Concorrência.
 
A nível comportamental e profissional, o candidato deve revelar:
 
  • Alinhamento com os valores da AdC: dedicação, superação, colaboração; responsabilidade e isenção;
  • Forte visão e planeamento estratégicos;
  • Orientação para resultados e para cumprimento de objetivos;
  • Excelente capacidade de relacionamento, comunicação, empatia, influência, argumentação, persuasão e negociação;
  • Capacidade de liderança e de imposição natural. Procuramos alguém que se imponha pelo mérito dos seus argumentos e não pela autoridade;
  • Agente ativo de promoção do alinhamento interno ao nível ascendente, com os pares e ao nível descendente;
  • Espírito de missão e capacidade de mobilizar equipas para a prossecução de um propósito comum, de lhes incutir o gosto pelo trabalho colaborativo, de as motivar e desenvolver;
  • Capacidade para estabelecer parcerias com as equipas que estão no terreno;
  • Capacidade de estabelecimento de diálogo permanente com os seus pares, nomeadamente com a Diretora de Práticas Restritivas e com o Diretor de Controlo de Concentrações, de forma a fomentar a colaboração e a desenvolver estratégias de atuação integradas;
  • Personalidade forte e autoconfiante;
  • Capacidade para gerir conflitos;
  • Abordagem primária de não litigância, tentando, sempre que possível, resolver os processos pela via não judicial, mas sem receio de o fazer, sempre que tal se revele necessário, de forma a defender os superiores interesses dos cidadãos;
  • Elevado nível de accountability e de maturidade;
  • Abertura à mudança, proatividade e dinamismo.
 
 
Formalização de candidatura:  As candidaturas devem ser formalizadas até às 23:59 (UTC/GMT+00:00) do dia 17 de maio de 2019, mediante o envio de curriculum vitae e declaração de motivação para o seguinte endereço eletrónico: recrutamentorh@concorrencia.pt.
 
Consulte todos os detalhes no Aviso de Recrutamento disponível nesta página.